sábado, 1 de Novembro de 2014

NAQUELE TEMPO – NOVEMBRO DE 1964 – EPISÓDIO 87



No boletim “O Árbitro” nº 89 (Ano VIII), publicado há 50 anos, os temas principais foram:
A recolha de fundos a favor da família de Mário Costa atingiu, até então, o valor de 6.351$60.
EQUIPA DE ARBITRAGEM PORTUGUESA EM GÉNOVA
Confirmando a notícia aqui divulgada o Árbitro Manuel Lousada Rodrigues [26.06.1919†07.05.2011), de Santarém, os Assistentes Francisco Gonçalves Guerra [04.09.1917†30.11.1986], do Porto e Hermínio Henrique Soares [23.05.1915†26.09.1981], de Lisboa, dirigiram em 4 de Novembro de 1964, a partida entre as selecções de Itália e Finlândia, cujo desfecho final foi favorável aos transalpinos por 6-1, com 3-0 ao intervalo. Este jogo contava para o grupo 8 de apuramento para o Mundial de 1966-Inglaterra.
1.Vindo de Lourenço Marques Aurélio Balsinhas está a gozar, entre nós, um período de férias. 2.Romeu José Pimenta de Sousa, do Funchal, abandonou a arbitragem, assim como Aníbal da Silva Marques Ferreira, de Aveiro. 3.Faleceu Artur Dias da Cruz, de Braga. 4.Promovido a Sargento-Ajudante o dirigente da Comissão de Angra do Heroísmo, João Avelino de Sousa. 5.David Alves Carneiro, de França, regressou a Aveiro e António Rosa de Almeida Verniz, de Setúbal para Santarém, e Arlindo Barros de Lima, de Nampula para Angola. 6.Felicita-se César Augusto Reigadas, de Lisboa, pelo nascimento do seu filho. 7.O Sporting Clube de Espinho comemorou os seus 50 anos de existência e Ivo de Araújo, representou a Comissão Central. 8.Armelim do Carmo, de Viseu, está recuperar a saúde no Sanatório do Caramulo. 9.Estão de luto António Martins da Cruz, de Leiria, pelo falecimento de seu pai e Mário Jorge Rosa Ventura, de Lisboa, por sua mãe. 10.Juviano Pascoal, de Lisboa, procura novo emprego na Alemanha. 11.Filipe Gameiro Pereira de parabéns pelo casamento de sua filha. 12.Os dirigentes da Comissão Central foram recebidos pela direcção federativa.
“Fiat Lux”, da autoria de António Augusto Santos. João Gomes, aborda “Os Cursos de Aperfeiçoamento”. “Para além do canal da Mancha”, coordenação e colaboração do Prof. Marques de Matos e Joaquim Campos. Filipe Gameiro Pereira continua a prestar “Esclarecimentos acerca do Guia Universal”. Do “Tratado Ilustrado de Leis de Futebol” é exposto o aliciante assunto: A finta na execução da grande penalidade: Barros de Araújo, assina “Na sequência de uma lição retardada”.
O PRIMEIRO NÚCLEO DE ÁRBITROS NA RÉGUA!
A Comissão Distrital de Vila Real procedeu no dia 10 de Novembro de 1964 à inauguração desta iniciativa numa das salas da Associação dos Bombeiros Voluntários locais contando com a presença de entidades civis e desportivas. Aproveitando a oportunidade foi adiantada a realização de Curso de Candidatos, com formadores reguenses a administrarem três aulas por semana.
O espanhol José Ruiz Casasola ingressou na arbitragem em 1947/48, no Colégio de Andaluzia, onde dirigiu 68 partidas regionais. Em 1955 passou à segunda categoria nacional. Em 1958 ascendeu ao escalão seguinte. Tem sido chamado para actuar em jogos de risco elevado e as suas actuações são merecedoras de rasgados elogios. É Internacional e o seu baptismo aconteceu no Estádio do Restelo, em 16 de Setembro de 1964, quando dirigiu o encontro entre o Belenenses e o Shelbourne (1-1), a contar para a Taça das Cidades com Feiras, tendo como colegas Joaquim Campos e Hermínio Soares. O seu currículo regista 280 jogos como Árbitro e 106 como auxiliar.
1.A Comissão Central cessante, na pessoa do seu presidente, Dr. Fernando Augusto Henriques Pimenta, agradeceu às Distritais e aos seus filiados pela colaboração recebida, assim como louvou o pessoal da secretaria que a apoiou administrativamente. 2.A Direcção do Boletim “O Árbitro” apresentou cumprimentos de cortesia aos novos dirigentes da Central. A FIFA enalteceu o êxito do II Curso Nacional de Aperfeiçoamento enviando uma mensagem a Filipe Gameiro Pereira, da qual se transcreve o seguinte parágrafo: Notámos com muito prazer, que o curso levado a efeito em Lisboa, foi um sucesso, aproveitando a oportunidade para agradecer a sua acção, durante os referidos trabalhos e muito especialmente a Comissão Central de Árbitros, pelo esforço dispendido na sua organização.
NO BANCO DOS RÉUS…
Manuel Amorim Ferreira da Costa, de Aveiro, num oportuno artigo põe a nu algumas situações que afectam os intervenientes nos jogos de futebol, propondo, até, medidas apropriadas à Federação. Vejamos então quais as ideias que sugere para melhorar os desempenhos dos Árbitros, treinadores, massagistas, médicos, atletas, jornalistas e fotógrafos: a criação da área técnica, equipamentos clínicos para apoiarem os necessitados em cima do acontecimento, balneários com condições de higiene, lugares condizentes para os homens da imprensa e para os operadores de imagem.
FESTA DOS ÁRBITROS AVEIRENSES
Foi brilhante o resultado das provas físicas que os filiados realizaram no Estádio Mário Duarte.
Na presença de tantas e tão ilustres personalidades participaram 55 concorrentes nos 80 e 1500 metros.
Seguiu-se o almoço e o tempo de intervenções circunstanciais, mas, no final, foi deliberado enviar ao presidente federativo, Justino Pinheiro Machado, telegrama a sensibilizá-lo para apoiar a arbitragem nacional e regional.
1.Filipe Gameiro Pereira (na foto a receber uma lembrança aquando do II Curso de Aperfeiçoamento) dá, em três apontamentos, informação preciosa quanto à questão de jogador expulso em provas internacionais, esclarecendo os Árbitros o procedimento a efectuar nestas circunstâncias. 2.Assistiu, num jogo das competições lisboetas, ao facto do Árbitro ter dado como estranho um jogador que ao intervalo integrou a equipa sem seu conhecimento.
O juiz falou com o jovem que se dirigiu ao seu treinador que lhe entregou o cartão licença o qual por sua vez cedeu ao Árbitro. 3.Por fim recolheu o depoimento do antigo jogador Jack Clough, que ingressou na carreira da arbitragem, e confessou a sua ignorância enquanto praticante mas os conhecimentos que veio a adquirir fizeram com que atingisse o patamar mais elevado como Árbitro.  
 

O responsável por esta rubrica esclarece o sr. Alberto dos Santos Costa, da Beira (Moçambique), da decisão assumida pelo Árbitro João Vagueiro quando procedeu à identificação de jogador que entrou indevidamente no rectângulo de jogo e participou na partida.
1.Manuel Maria Amorim Ferreira da Costa administrador deste espaço insurge-se contra a Federação pelo facto dos treinadores serem punidos por transmitirem instruções para dentro do campo aos seus pupilos quando colegas seus que exercem a função de jogador-treinador fazem-no tranquilamente sem qualquer castigo. 2.O presidente da FIFA Sir Stanley Rous é defensor que os jogadores expulsos no decorrer dos encontros sejam punidos com severidade, já que os violentos e incorrectos são sobejamente conhecidos. 3.A Federação espanhola está atenta a estes prevaricadores, aplicando penas condizentes com as infracções cometidas.
1.Dá-se a conhecer o lançamento do segundo volume do “Tratado Ilustrado das Leis de Futebol”, de Prof. Marques de Matos, obra interessantíssima com mais de 600 páginas. 2.Carlos Dinis, Árbitro da primeira categoria e de futebol e internacional de andebol, foi convidado pela Federação Espanhola desta modalidade para participar no Mundial a realizar-se em Madrid. 3.Outra equipa de arbitragem portuguesa no estrangeiro, Joaquim Campos, Décio de Freitas e Aníbal de Oliveira dirigiram o Bilbau-Royal Antuérpia, no dia 18 de Novembro de 1964, em San Mamés, desafio ganho pelos espanhóis por 2-0. 4.Os familiares do malogrado Ribeiro dos Reis acordaram destinar uma quarta parte do remanescente da subscrição para o mausoléu, no montante de 10.000$00, para premiar um trabalho publicado sobre leis do futebol, assunto a cargo da Comissão Central de Árbitros. 5.O Atlético de Madrid determinou castigos severos aos seus jogadores que discutam as decisões dos Árbitros, ideia que também poderia ser seguida em Portugal…
PAGAMENTO DE ASSINATURAS
É chamada uma vez mais a atenção para o atraso que se verifica com os subscritores de além-mar. Pede-se que satisfaçam os seus compromissos, pois, em caso contrário, deixarão de receber o boletim, devido aos altos encargos com a sua expedição.
Carlos Leal (na foto) é um agente da Polícia de Segurança Pública que, ao longo de mais de dez anos, tem prestado o seu valioso serviço nos Estádios da Luz e de Alvalade e demonstrado ser um amigo dos Árbitros, graças à sua inteligência, valentia e dedicação na solução de situações por vezes complicadas. É um exemplo para todos!
PORTUGAL-ESPANHA 
Os Árbitros holandeses que dirigiram o amigável dérbi ibérico, realizado 15 de Novembro de 1964, no Estádio das Antas (Porto), cujo resultado final foi-nos favorável por 2-1. Ao intervalo subsistia o empate (1-1): Principal, Pieter Paulus Roomer. Auxiliares: C. Arkenbout e H. J. Genninsen.

sexta-feira, 31 de Outubro de 2014

OLIVAIS-TORRE (REGISTO FOTOGRÁFICO)


A contar para a 3ª jornada, série 2, do Campeonato Distrital lisboeta da I Divisão, defrontaram-se no dia 5 de Outubro de 2014 no campo Branca Lucas, as equipas de honra do Sport Lisboa e Olivais (f. 20.09.1934) e da Associação Familiar e Desportiva da Torre (14.10.1988), cujo resultado final foi 0-0.
Árbitros do Conselho de Arbitragem da Associação de Futebol de Lisboa: Principal, Nelson Filipe Batista Costa Henriques (n. 26.01.1979). Assistentes: Sérgio Filipe Viçoso Frutuoso (13.01.1983) e Ana Marta Lima Bonança (30.08.1985).